Santos é a 10ª cidade mais segura do Brasil segundo pesquisa

Santos agora é a 10ª cidade mais segura do Brasil, segundo o ranking elaborado pela Connected Smart Cities, da consultoria Urban Systems e que foi divulgado pela revista Exame.

O estudo utiliza 70 indicadores e analisa 700 cidades. Em 2016 a cidade já tinha conseguido uma boa colocação, ocupando a 29ª colocação, em 2017 subiu 19 posições chegando a 10ª colocação. Santos fez 1.447 pontos, a cidade Vinhedo-SP foi a líder do ranking conseguindo a marca de 2.172 pontos.

Matematicamente falando talvez fique mais claro como Santos conseguiu uma ótima posição, estando em 2017 entre as 1,43% melhores cidades do Brasil, em 2016 estava entre as 4,14%.




Segundo a prefeitura de Santos dentre os 70 indicadores utilizados no ranking foram avaliados: taxa de homicídio, despesas com segurança, efetivo de policiais, guardas-civis, acidentes de transito, iluminação publica, saúde, dentre outros itens de infraestrutura, mobilidade e serviços.

“Hoje contamos com cerca de 500 guardas municipais. Antes eram cerca de 350 (em 2013). Não podemos esquecer que este resultado é consequência direta do empenho das polícias Civil e Militar”, segundo Sérgio Del Bel, secretário municipal de Segurança.

Monitoramento

O secretário de segurança Del Bel realçou a importância do aumento no número de câmeras na cidade e sua modernização.

Atualmente, a cidade possui 650 câmeras em operação, utilizando câmeras fixas, moveis e OCR (alta resolução, e reconhecem até placas de veiculos), isso representa um aumento de 245% frente a 2012, na época se utilizavam 188 câmeras na cidade.

E ainda está em fase licitatória a aquisição de mais equipamentos de segurança para a cidade, os investimentos não param.

Guarda Municipal

Segundo Del Bel o aumento efetivo de guardas municipais na cidade também vem ocorrendo e representam um importante papel na segurança da cidade.

“Hoje contamos com cerca de 500 guardas, antes eram cerca de 350 (em 2013). Não podemos esquecer que este resultado é consequência direta do empenho das polícias Civil e Militar”.

Ranking das cidades mais seguras do país, segundo pesquisa:

Santos 10ª cidade mais segura do Brasil
Santos é a 10ª cidade mais segura do Brasil.

Agenda de shows em Junho em Santos

Confira a agenda de shows marcados para Junho de 2017 em Santos:

06/06 – 20:30h – Duo Mandacaru – Sesc (Auditório)
07/06 – 22h – Molejo e Trio de Ferro – Baccará Backstage
Retorno do famoso grupo de pagode dos anos 90. Entrada R$ 40,00.
08/06 – 21h – Yannick Delass – Auditório do Sesc
08/06 – 19h – Orquestra Sinfônica Municipal de Santos no Teatro Municipal (Tocando Rock)
09/06 – 22h – Maskavo e Trevo – Baccará
09/06 – Strike – show de despedida – Estação Santos
10/06 – 23h – Blow Up
10/06 – Banda Lei Seca – W/Music Instrumentos
10/06 – Pequeno Coração Caipira – Comedoria do Sesc
10/06 – Doomsday Ceremony, Luciferiano e Psychotic Misanthropy – Boteco Valongo
11/06 – 17h – Rita Lima & Banda
11/06 – 18h – Orquestra Sinfônica Carlos Gomes
11/06 – Mudhill, Soulmate, Surprise Box e Jerseys – Studio Rock Café
14/06 – Os Travessos – Baccará Backstage
15/06 – Manallu – Comedoria do Sesc
15/06 – Melanina Carioca – Café De La Musique – Guarujá
16/06 – Tico Santa Cruz & Roks – Baccará Backstage
17/06 – Rhaissa Bittar – Teatro do Sesc
17/06 – Tiago Iorc – Mendes Convention Center
17/06 – Coletivo Missa – Café De La Musique – Guarujá
20/06 – Tarab Jazz – Teatro do Sesc
22/06 – Tarancón convida Tita Parra – Teatro do Sesc
23/06 – Paulo Ricardo – Capital Disco
23/06 – Dance of Days – Boteco Valongo
23/06 – Leila Pinheiro e Seis com Casca – Teatro do Sesc
28/06 – Orquestra Instituto GPA – Teatro do Sesc
29/06 – Preta Rara convida Nega Gizza – Teatro do Sesc

Qualidade e Balneabilidade das Praias de Santos

Confira na imagem abaixo, a qualidade e balneabilidade das Praias de Santos

Balneabilidade das praias de Santos
Período de Amostragem: 13/02/2017 até 22/02/2017

Qualidade da praia própria imprópria

A bandeira verde representa qualidade própria para banho e a bandeira vermelha está imprópria para o banho.

Quem analisa a qualidade das praias é a CETESB, o ultimo período de amostra para análise foi de 13/02/17 a 22/02/17

Normalmente o Mar das praias de Santos-SP apresentam boa qualidade e balneabilidade, se mantendo próprias para o banho, embora em algumas épocas fiquem realmente impróprias para banho.

Lembrando que a cor escura do mar de Santos, na verdade, é uma característica natural da praia, não indicando qualidade.

Sinalização de Balneabilidade das praias de Santos

A CETESB também sinaliza nas próprias praias em Santos a qualidade delas para banho, instalando bandeiras verde quando próprias e vermelhas quando impróprias.

Sinalizacao da Qualidade das Praias
Sinalização da Qualidade das Praias

Programa Onda Limpa na Baixada Santista

É O programa Onda Limpa da Sabesp vem melhorando a qualidade das praias da Baixada Santista, e devem melhorar ainda mais ano que vem, “As condições das praias na Baixada Santista devem melhorar muito no próximo ano” diz Cláudia Lamparelli.

Atuando em 9 municípios da Baixada Santista tem como objetivo chegar a 95% de coleta de esgoto e 100% para o tratamento do esgoto, o programa inicio em 2011 e vem sendo iniciado de forma gradativa. O investimento é de 1,4 bilhão, com 1,15km de emissário, 123 mil ligações de esgoto domiciliares, 102 estações elevatórias e 7 estações de esgoto.

Em Santos, segundo a prefeitura os programas Onda Limpa e Canal Limpo melhoraram a balneabilidade das praias da cidade de 44% para 60%, em 2017 a balneabilidade deve chegar 70%.

 

Pagina relacionada:

Confira tudo sobre as praias da cidade de Santos, aqui.

Mapa dos radares instalados em Santos SP

A imagem abaixo, demostra o mapa dos radares instalados em Santos SP

Mapa dos radares na cidade de Santos SP
Mapa dos radares em Santos SP

Os radares em Santos ficaram uns meses desativados, mas após nova licitação ganha por TecDet Tecnologia em Detecção, novos radares foram instalados na cidade.

Ao todo já são 14 pontos de radares espalhados pela cidade, em 2017 novos radares serão instalados e deverão chegar a 24 pontos de fiscalização. A licitação resultou em um custo de R$ 155 mil prefeitura, válido por 24 meses.

A CET alega que os pontos são escolhidos nos locais com mais acidentes, feita através de estudos, a quantidade alta de pontos de radares impressiona.

Parece bem óbvio que o objetivo é a arrecadação de dinheiro.

14 pontos de radar já instalados em Santos-SP

1) Avenida Presidente Wilson, próximo ao Emissário Submarino (José Menino)
Velocidade – 50 km/h

2) Avenida Presidente Wilson, entre as ruas Marcílio Dias e Quintino Bocaiúva/Galeria AD Moreira
Velocidade – 50 km/h

3) Avenida Pinheiro Machado, nº 514/535, próximo ao curvão do Marapé
Velocidade – 40 km/h

4) Morro – Av. Pref. Dr. Antônio Manoel de Carvalho, na descida do morro da Nova Cintra (Marapé)
Velocidade – 30 km/h

Avenida Dr. Nilo Peçanha, próximo ao cruzamento com a Rua Carvalho de Mendonça
Velocidade – 40 km/h

5) Avenida Perimetral, próximo ao viaduto da Santa, no sentido Ponta da Praia/Centro
Velocidade – 40 km/h

Avenida Perimetral, próximo Rua Manoel Tourinho/Monumento ao Trabalhador Portuário, no sentido Centro/Ponta da Praia.
Velocidade – 40 km/h

6) Avenida Afonso Pena, próximo ao número 540 (antigo PS da Zona Leste)
Velocidade – 50 km/h

7) Praça Narciso de Andrade x Av. Ana Costa (em frente CET)
Velocidade – 50 km/h
– Avanço de semáforo vermelho do semáforo
– Parada sobre faixa de pedestres

8) Avenida Vicente de Carvalho, próximo Rua da Paz
Velocidade – 50 km/h

9) Avenida Waldemar Leão x Av. Rangel Pestana
Velocidade – 50 km/h
– Avanço de semáforo vermelho do semáforo
– Parada sobre faixa de pedestres

10) Rua João Pessoa x Av. Senador Feijó
Velocidade – 50 km/h
– Avanço de semáforo vermelho do semáforo
– Parada sobre faixa de pedestres
– Restrição circulação de caminhões

11) Avenida Afonso Pena, 260, nos dois sentidos
– Velocidade – 50 km/h

12) Avenida Epitácio Pessoa, 527.
– Velocidade – 50km/h

13) Avenida Bartolomeu de Gusmão com a Avenida Cel. Joaquim Montenegro (canal 6).
– Velocidade 50 km/h
– Avanço de semáforo vermelho
– Parada sobre a faixa de pedestre

14) Avenida Senador Feijó com a Avenida Rangel Pestana
– Velocidade 50 km/h
– Avanço de semáforo vermelho
– Parada sobre a faixa de pedestre

 

Próximos pontos a serem instalados em 2017 em Santos:

Avenida Perimetral, prox. Pça. Iguatemy Martins
Velocidade 60km/h+ semáforo + faixa de pedestres

Avenida Perimetral prox. nº 48 (Capitania dos Portos)
Velocidade 60 km/h
Avenida Presidente Wilson x Av. Sen. Pinh. Machado
Velocidade 50 km/h, semáforo e faixa de pedestres

Avenida Afonso Pena próximo ao nº 170 e oposto n. 176 – Praça Palmares
Velocidade 50 km/h, semáforo e faixa de pedestres

Avenida Dr. Bernardino de Campos x R. Joaquim Távora
Velocidade 50 km/h, semáforo, faixa de pedestres e conversão esquerda

Avenida Gov. Pedro Toledo x Av. Cons. Nébias
Velocidade 50 km/h, semáforo e faixa de pedestres

Galeão Carvalhal x Av. Washington Luis
Velocidade 50km/h, semáforo e faixa de pedestres

Avenida Ana Costa prox. nº 291
Fiscalização na faixa exclusiva de ônibus (faixa direita)

Avenida Ana Costa prox. nº 416
Fiscalização na faixa exclusiva de ônibus (faixa direita)

Avenida Martins Fontes, prox. nº 465
Velocidade 50 km/h e restrição circulação de caminhões.

Gibiteca de Santos, comemora 24 anos e terá programação especial

A Gibiteca de Santos completa 24 anos, e para comemorar terá programação especial neste sábado (10/12) e domingo (11/12).

As atividades são: campeonato de games, exposição de arte, concurso de cosplay além de encontro de apreciadores de quadrinhos.

A Gibiteca já teve mais de 600 atividades, 30 mil visitantes, 400 artistas, 60 oficinas, além de workshops, exposições, contação de histórias, visitas escolares, bate-papos e lançamentos, de acordo com a Prefeitura de Santos.

Como de costumo os eventos na Gibiteca são gratuitos.

Gibiteca em Santos comemora 24 anos
Gibiteca em Santos, no Boqueirão

Programação especial:

De acordo com a prefeitura os eventos de comemoração de 24 serão os seguintes:

Sábado (10/11)

14h às 19h – Mega encontro Hitotsu, Zero Treze e Pixel Café – campeonato de games

Domingo (11/11)

14h – Abertura da exposição Christiano Flexa
14h – Tributo a Marcel Rodrigues Paes com o professor doutor Flávio Calazans
15h – Lançamento de “Chora Lombar” e bate-papo com Taiz Leão
16h – Quadrinhos Caiçara – Bate-papo com Paulo Siqueira, Fábio Coala, Clayton inLoco, Victor Freundt, Emílio Baraçal e Celso Menezes
17h – Concurso cosplay (área externa)
17h30 – Debate “Crescimentos das HQs no Brasil”, com os professores doutores Waldomiro Vergueiro e Sônia Luyten. Moderação do professor doutor Gazy Andraus
18h30 – Homenagem a Marcel Rodrigues Paes e apresentação do relatório de atividades. Paralelamente, os artistas locais realizam exposição e venda de seus trabalhos

Localização

A Gibiteca está localizada no Posto 5, da orla da praia do Boqueirão em Santos-SP

Cobrança indevida de ICMS na conta de Luz em Santos

Cobrança indevida de ICMS na conta de Luz em Santos

O cálculo do ICMS (Circulação de Mercadorias e Serviços) foi feito de forma equivocada pelo Governo do Estado de São Paulo, o que gerava valores até 35% maiores na conta de luz em Santos e outras cidades do estado de São Paulo SP.

Segundo especialistas é possível conseguir a redução nas próximas contas e ainda reaver o valor pago indevidamente nos últimos 5 anos.

Simulando que sua conta tenha a média de R$200,00, em um ano você pagou R$2.400,00 e em 5 anos R$12.000,00. Nessa conta você pagou indevidamente até R$ 4.200,00 de impostos. Isso sem contar os juros que devem ser acrescidos a essa conta, além disso o ressarcimento tem que ser em dobro, gerando uma quantia significativa.

Mas é necessário entrar na justiça para reaver esse dinheiro pago indevidamente, mas já existem casos julgados vencido pelos consumidores no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A CPF garante não ter responsabilidade dos cálculos errados, a CPFL informou que atua como agente arrecadador do imposto ICMS, apenas aplicando a Lei estadual vigente e repassando os valores pagos pelos contribuintes ao Estado. “Portanto, não é de competência da distribuidora de energia alterar a forma de cobrança do imposto”, informa a CPFL.